Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais

O MDF-e (Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais) é um projeto nacional de documento fiscal eletrônico que visa substituir a atual sistemática de emissão em papel, com validade jurídica garantida pela assinatura digital do emitente,simplificando assim, as obrigações acessórias dos contribuintes e permitindo o acompanhamento em tempo real das operaçõescomerciais pelo fisco.

O MDF-e deverá ser emitido por empresas prestadoras de serviço de transporte para prestações com mais de um conhecimento de transporte ou pelas demais empresas nas operações, cujo transporte seja realizado em veículos próprios, arrendados, ou mediante contratação de transportador autônomo de cargas, com mais de uma nota fiscal.

A finalidade do MDF-e é agilizar o registro em lote de documentos fiscais em trânsito e identificar a unidade de carga utilizada e demais características do transporte.

Autorização de uso do MDF-e implicará em registro posterior dos eventos, nos documentos fiscais eletrônicos nele relacionados.

FONTE: https://mdfe-portal.sefaz.rs.gov.br/Site/Sobre

Mais informações entre em contato através de um de nossos canais de atendimento disponíveis em nosso site.

ASS COMPONENTES LTDA
www.asscomponentes.com.br

 

 

Alterações relevantes da versão 7.0.2 da NFeDLL

Segue abaixo descritivo das melhorias realizadas na versão 7.0.2 da NFeDLL.

[+] Atualizado o Protocolo de Comunicação para TLS 1.2, conforme NT_2016_002_v1.42 referente a nova versão nfe 4.00;

[*] Remoção do campo  indPag – indicador da forma de pagamento.

[+] Criação da opção 5 (Operação presencial, fora do estabelecimento) para o campo indPres – indicador de presença do comprador.

[+] Criação da opção 02 para o campo mod – modelo do documento fiscal.

[+] Criação do campo cProdANVISA para informar o código de Produto da ANVISA para medicamentos e matérias-primas farmacêuticas.

[*] Exclusão dos campos nLote , qLote , dFab e dVal específicos de medicamento que passam a fazer parte do Grupo Rastreabilidade de Produto.

[+] Criação dos campos descANP , pGLP , pGNn , pGNi e vPart para os percentuais de mistura do GLP.

[*] Exclusão do campo pMixGN.

[+] Criação dos campos vFCP , vFCPST , vFCPSTRet e vIPIDevol totalizadores do Fundo de Combate a Pobreza, do IPI no caso de devolução.

[+] Criação do campo modFrete para novas modalidades de transporte.

[+] Criação do campo vTroco.

[+] Criação dos campos indEscala , CNPJFab  e cBenef referentes ao “Grupo das informações para Controle da ST”.

[+] Criação do campo cAgreg referente ao “Código de Agregação”.

Para mais detalhes dos campos, formatação e obrigatoriedades vide Nota Técnica 2016.002 – v1.42

ASS COMPONENTES LTDA
www.asscomponentes.com.br

Equipamentos compatíveis para impressão com a API NFCeDLL

Atualmente o pacote é compatível para impressão direta com as seguintes impressoras térmicas não-fiscais:

  • Bematech (MP2500TH e MP4200TH)
  • Daruma (DR700 D-Printer e DR800)
  • Epson (TM-T81 e T20)
  • Sweda (SI 300 S)

No modo de impressão genérico, a API é compatível com todas as impressoras térmicas que possuam driver instalado no gerenciador de impressoras do Windows. A impressão é viabilizada para a impressora térmica configurada de forma default.

Mais informações entre em contato através de um de nossos canais de atendimento disponíveis em nosso site.

ASS COMPONENTES LTDA
www.asscomponentes.com.br

 

 

RECESSO DE FIM DE ANO

Prezados clientes, informamos que em virtude do recesso de final de ano, o atendimento online ficará suspenso no período compreendido entre 23.12.2016 à 06.01.2017.

Os chamados poderão ser abertos normalmente e os casos de urgência encaminhados ao e-mail contato@asscomponentes.com.br.

O atendimento será regularizado no dia 09.01.2017.

Desejamos um natal abençoado e um ano de 2016 excepcionalmente vitorioso, com muitos negócios, saúde e felicidades!

Boas Festas!

ASS Componentes Ltda
www.asscomponentes.com.br

RECESSO DE FIM DE ANO

Prezados clientes, informamos que em virtude do recesso de final de ano, o atendimento online ficará suspenso no período compreendido entre 18.12.2015 à 31.12.2015.

Os chamados poderão ser abertos normalmente e os casos de urgência encaminhados ao e-mail contato@asscomponentes.com.br.

O atendimento será regularizado no dia 04.01.2016.

Desejamos um natal abençoado e um ano de 2016 excepcionalmente vitorioso, com muitos negócios, saúde e felicidades!

Boas Festas!

ASS Componentes Ltda
www.asscomponentes.com.br

VALIDAÇÃO DE LICENÇA

A licença das soluções fornecidas pelas ASX COMPONENTES são validadas por webservices.

Isso é feito de forma automática e silenciosa sempre aproveitando alguma requisição feita à internet.

Usamos basicamente 2 chaves que encontra-se no regedit: val-ASS e val-MD5.

A primeira vez que o usuário utiliza qualquer método do projeto, será solicitado as credenciais (e-mail e senha).

Após isto as chaves serão alimentadas com o token que corresponde a software-house licenciada.

Recomendamos ao desenvolvedor, por eficiência, copiar o conteúdo das referidas chaves e incluir na codificação do sistema para evitar que seja solicitado as credencias da software-house em todos os terminais que se for instalar o projeto.

Contudo, é importantíssimo que o desenvolvedor utilize estas chaves tão somente na ocasião da instalação do software e JAMAIS manipule com a mesma sob o risco de instabilidade e inoperância do serviço.

Identificamos alguns problemas em empresas que estavam utilizando token de meses no momento da troca de empresa ou sempre que o sistema era acionado. Devido ao token obsoleto isto ocorria instabilidades no serviço e inoperância.

Passo a passo:

  1. Baixar o projeto, importar o .reg, efetuar as configurações inciais conforme recomendado;
  2. Acionar algum método (ex Status do Serviço);
  3. Será solicitado as credenciais de licença (email e senha);
  4. Após autenticação, ir no regedit e guardar o token (val-ASS + val-MD5);
  5. Usar o token em todos os terminais, bastando importar a chave de parametros no regedit do terminal;
  6. Alternativamente ao passo 5, codificar no sistema para alimentar o conteúdo das chaves val-ASS e val-MD5 com o token do passo 4 somente se no terminal estas chaves estiverem vazias ou inexistentes.

Ressaltamos ao desenvolvedor que só use o token guardado (passo 4) apenas se não houver conteúdo ou mesmo elas não existirem no terminal, haja vista que o token modifica periodicamente.

Mais informações entre em contato através de um de nossos canais de atendimento disponíveis em nosso site.

 

ASX COMPONENTES LTDA
www.asxcomponentes.com.br